Infecções vaginais: Tricomoníase


A tricomoníase é uma infecção vaginal causada por um parasita chamado Trichomonas vaginalis e pode acontecer em qualquer mulher que já tenha tido relações sexuais. As relações são sua única forma de transmissão, ou seja, a tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível.


Estima-se que até 20% das mulheres irão apresentar ao menos 1 episódio dessa infecção ao longo da vida, e que cerca de 5-10% estão infectadas neste exato momento. Muito, né? Pois é, vamos nos cuidar.


O sintoma mais comum nas mulheres é um corrimento esverdeado, amarelado ou acinzentado em grande quantidade (às vezes com bolhas) e que pode ter cheiro ruim. Podem também sentir dor ao urinar ou ao manter relações sexuais, ardência ou queimação vaginal.


Mas ATENÇÃO: algumas mulheres e quase todos os homens com tricomoníase NÃO APRESENTAM NENHUM SINTOMA. E se eu não tiver sintomas, por que devo me preocupar com essa doença? Em primeiro lugar, porque você vai passar o parasita para seu(s) parceiro(s) sexuais. Em segundo lugar, a tricomoníase altera o ambiente da vagina e do colo do útero, aumentando a chance de infecção por outras doenças mais graves, como HIV, hepatite e HPV.


O diagnóstico da infecção por Trichomonas é feito durante a consulta com seu médico, por meio do exame ginecológico. Não há nenhum exame de sangue que acuse a doença. Às vezes, o parasita aparece no exame de urina, mas não é esse o exame mais adequado, pois ele pode estar normal mesmo que você esteja infectada.


O tratamento é feito com antibióticos e é sempre feito para o casal. E lembre-se: a melhor maneira de se prevenir contra tricomonas e outras DST’s ainda é o uso da camisinha.

Em destaque
Posts Recentes
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square